Ministro Gilmar Mendes: "Se tivemos a eleição do Lula, foi graças ao STF"

Por Redação - Além do Fato em 15/10/2023 às 03:08:34

O ministro Gilmar Mendes, decano do Supremo tribunal Federal (STF), e o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (PSD-MG), trocaram farpas neste s√°bado (14) em um evento em Paris.

O Senado debate propostas para alterar as regras de indicação de ministros e de funcionamento do tribunal, como os mandatos fixos, a elevação da idade m√≠nima dos nomeados, a limitação das decisões monocr√°ticas e a restrição do acesso ao STF.

Pacheco defendeu uma reforma no Poder Judici√°rio para resolver o que chamou de "crise da legitimidade" das decisões judiciais.

Gilmar Mendes, por sua vez, defendeu o Supremo Tribunal Federal e enalteceu a volta do presidente Lula (PT) ao poder, a quem ele mesmo, no passado, disse operar uma cleptocracia, ou seja, um governo comandado por ladrões. O decano afirmou ainda que algumas das propostas em debate para reformar o STF poderiam levar à "derrocada" do tribunal.

– Se hoje nós tivemos a eleição do presidente Lula, foi graças ao STF. Se a pol√≠tica deixou de ser judicializada e deixou de criminalizada, isso se deve ao Supremo Tribunal Federal – afirmou.

Comunicar erro

Coment√°rios

Governo Federal