PMJP - Julho

Filho de Ministro do Tribunal Superior do Trabalho, que entregou medalha a Ricardo Coutinho, atuou como advogado de réus em processos da Calvário

Por Redação - Além do Fato em 20/07/2022 às 00:26:17

O ex-governador da Paraíba e atual pré-candidato ao senado pelo PT, Ricardo Coutinho, foi homenageado nesta terça-feira (19), em Brasília, pela Justiça do Trabalho. Ele recebeu das mãos do presidente do Tribunal Superior do Trabalho, ministro Emmanoel Pereira, o cartão do Selo Postal e também a medalha e o livro comemorativo em homenagem aos 80 anos da Justiça do Trabalho, celebrados recentemente.

Ricardo Coutinho recebeu estas importantes honrarias por causa da qualidade das gestões à frente do governo do Estado da Paraíba entre os anos 2011 e 2018. Na placa recebida pelo paraibano, constava a justificativa, ressaltando a atuação do ex-governador para garantir a dignidade do povo nordestino, objetivo que se alinha aos anseios da Justiça Trabalhista, que tem o propósito de assegurar empregabilidade, acessibilidade e cidadania, que são pilares de um país mais justo e igualitário.

Para Ricardo Coutinho, receber esta homenagem foi motivo de muito orgulho para ele como homem, mas principalmente como político. "A nossa gestão sempre priorizou ações que tinham como objetivo principal melhorar a vida do povo e a questão trabalhista, com todos os seus desafios, é o que dá dignidade a cada cidadão. Este reconhecimento por todo o nosso trabalho realizado a frente do Governo do Estado é a prova de que sim, é possível participarmos ativamente da construção de um país mais justo para todos, com mais dignidade e cidadania".

Apesar da homenagem, o que chama atenção é que o filho do presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TST), que entregou pessoalmente a medalha a Ricardo Coutinho, já atuou na defesa de réus da Operação Calvário. Ricardo é um dos principais alvos da Operação Calvário, que investiga um esquema de desvios de verba pública durante sua gestão frente ao Governo da Paraíba. Erick Wilson Pereira, filho do presidente do TST Emmanoel Pereira, já atuou em vários processos da operação Calvário.

Comunicar erro
Governo Federal

Comentários