PMJP - Julho

João Azevêdo recorrerá à justiça para barrar projeto do governo Bolsonaro que reduz alíquota do ICMS sobre combustíveis e energia elétrica

Por Redação - Além do Fato em 16/06/2022 às 21:23:27

Os governadores devem recorrer à justiça para barrar o projeto do governo Bolsonaro que reduz a alíquota do ICMS que incide sobre combustíveis. A matéria foi aprovada pelo Senado e Câmara dos Deputados. Nesta quinta-feira (16) o governador João Azevêdo (PSB) afirmou que a judicialização deve ocorrer apenas quando a lei for sancionada pelo presidente Jair Bolsonaro.

"Essa é uma compreensão, pelo menos do Consórcio Nordeste, de que nós não teremos muitas alternativas a não ser essa, mas só será adotada depois da sanção, para que a gente tenha o texto completo da lei e possamos definir o encaminhamento oficial", disse João.

Ele ressalta que a saúde e a educação são as áreas que recebem maior volume de investimentos através de recursos arrecadados com o ICMS. "O preço que o país vai pagar com essa medida será extremamente alto", avaliou.

Comunicar erro
Governo Federal

Comentários