Deputado Cabo Gilberto pede a Lula que respeite o povo gaĂșcho e defende liberação imediata de recursos para auxiliar as vĂ­timas da tragĂ©dia

Por Redação - Além do Fato em 06/05/2024 às 20:00:50

O deputado federal Cabo Gilberto Silva (PL-PB), integrante da Comissão de Integração Nacional, fez um apelo contundente ao ex-presidente Lula, exigindo respeito pelo povo gaúcho e a liberação imediata de recursos para auxiliar na reconstrução do Rio Grande do Sul após as recentes enchentes e desastres naturais que assolaram a região.

Em declarações recentes, Cabo Gilberto destacou a urgĂȘncia de medidas rĂĄpidas e efetivas para garantir a segurança jurídica necessĂĄria para a assistĂȘncia ao estado, que enfrenta graves danos causados pelas intempéries. O deputado ressaltou a importância de o país unir esforços para apoiar os gaúchos nesse momento de crise e ajudĂĄ-los a reconstruir suas vidas e comunidades.

Cabo Gilberto criticou a falta de ação por parte do presidente Lula em relação à liberação dos recursos prometidos para as vítimas das enchentes do ano passado, denunciando a inércia e as promessas não cumpridas. Ele expressou preocupação com a possibilidade de que o mesmo aconteça este ano, diante da magnitude sem precedentes dos desastres naturais.

"Como membro da Comissão de Integração Nacional, testemunhei de perto os danos causados pelas enchentes no Sul do país no ano passado. Até o momento, Lula não honrou suas promessas feitas ao povo gaúcho. Ele mente para as vítimas e para o Brasil", afirmou Cabo Gilberto.

Além disso, o deputado criticou a postura do governo, que, ao invés de buscar soluções para os problemas enfrentados pelo Rio Grande do Sul, optou por terceirizar a culpa e politizar a questão, atribuindo responsabilidades ao ex-presidente Jair Bolsonaro.

Por fim, Cabo Gilberto enalteceu os esforços de parlamentares e empresĂĄrios que estão se mobilizando para ajudar as vítimas das enchentes, destacando a solidariedade e o trabalho conjunto em meio a essa crise sem precedentes. "Parabenizo todos os esforços das pessoas que estão se unindo nesse momento tão difícil da história do Rio Grande do Sul", concluiu o deputado.




Comunicar erro

ComentĂĄrios