Manifestantes seguem em frente ao 1º Grupamento de Engenharia, em João Pessoa

No sábado, apoiadores de Bolsonaro exibiram cartazes que diziam em português e inglês: "O Brasil foi roubado"

Por Redação - Além do Fato em 05/12/2022 às 00:27:14

Mais de um mês depois do fim do segundo turno das eleições, manifestantes continuam acampados em frente ao QG do Exército, em João Pessoa.

No sábado (3), os manifestantes exibiram cartazes que diziam em português e inglês: "O Brasil foi roubado" e "Justiça corrompida, censura não". Além de questionar o resultado das eleições, também são contrários ao ministro do STF Alexandre de Moraes — principal alvo do protesto — e à posse de Lula.

Homens, mulheres, idosos, que deixaram suas famílias e seus trabalhos para trás em busca de uma resposta das Forças Armadas. Muitos deles ou dos manifestantes que visitam o local com frequência garantem que ainda vão continuar ali, até que consigam reverter o resultado oficial da eleição.


Comunicar erro
Governo Federal

Comentários