PMJP - Julho

Deputado denuncia que cantora Bebel Gilberto, que pisou bandeira do Brasil durante uma apresentação, captou R$ 1,9 milhão da Rouanet no governo Dilma

Por Redação - Além do Fato em 25/07/2022 às 22:44:21

O episódio da cantora Bebel Gilberto pisando a bandeira do Brasil em seu próprio show, em San Francisco, nos Estados Unidos teve grande repercussão.

O deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PL-PB) lamentou o desrespeito da artista com um símbolo nacional e revelou que talvez a chateação da cantora é que ela não recebe mais benefícios da Lei Rouanet.

"A mídia nacional publicou em 2011 que a citada cantora havia recebido R$ 1,9 milhão para realizar ruma turnê no Brasil. Talvez isso explique a reação inadequada e repreensível da cantora", comentou o parlamentar.

Durante o governo Dilma Rousseff, a então ministra da Cultura, Ana de Hollanda, autorizou sua sobrinha a captar R$ 1,9 milhão para a primeira turnê pelo Brasil, em 2011. Chamado Bebel Gilberto — Sem Contenção, o show ocorreu em 11 cidades. Os recursos também bancaram a gravação de um CD.

À época, por meio de nota, a pasta informou que o parentesco de Bebel e Ana de Hollanda, sua tia, "não influenciou a aprovação do projeto e todos os procedimentos se deram na legalidade". A responsabilidade sobre o projeto recaiu na produtora que fez a solicitação — neste caso, a Super Amigos, comandada por Andréa Francez — e não sobre a cantora.

Comunicar erro
Governo Federal

Comentários