PMJP - Julho

Presidente do Sindalcool afirma que redução no preço do etanol depende apenas da vontade do governador João Azevêdo e defende que a Paraíba siga outros estados e reduza também a alíquota do ICMS

Por Redação - Além do Fato em 19/07/2022 às 16:00:39

O presidente do Sindicato da Indústria de Fabricação do Álcool da Paraíba (Sindalcool-PB), Edmundo Coelho Barbosa, atribuiu a alta no preço do etanol no Estado ao percentual da alíquota do ICMS.

O presidente do Sindialcool defendeu que o Estado da Paraíba siga outros estados e reduza também a alíquota do ICMS do etanol.

Segundo o secretário de Estado da Fazenda, Marialvo Laureano, o percentual deve cair de 18% para 15,33%. Nas bombas, cerca de R$ 0,14 a menos no litro.

A expectativa é que a medida produza redução no litro do etanol nos próximos dias, sem data definida. "Passará a valer assim que publicarmos o ato legal. Ainda estamos analisando qual será o ato legal e sua vigência", explicou. De acordo com ele, a redução também depende dos revendedores, que têm liberdade para estabelecer o preço final.


Comunicar erro
Governo Federal

Comentários