PMJP - Julho

Deputado Cabo Gilberto Silva repudia violência política praticada contra Camila Toscano

Por Redação - Além do Fato em 14/07/2022 às 13:54:25

Líder da oposição na Assembleia Legislativa da PB, o deputado estadual Cabo Gilberto Silva (PL) se solidarizou e repudiou o crime de violência política praticado contra a deputada estadual Camila Toscano (PSDB), pelo pré-candidato a deputado estadual, Célio Alves, aliado do governador João Azevêdo (PSB).

" Em nome de toda a bancada de oposição da Assembleia Legislativa da Paraíba venho me solidarizar com a amiga, companheira de bancada e deputada Camila Toscano pelos ataques verbais sofridos nesta semana. Repudio veemente toda forma de preconceito feita a qualquer pessoa. A deputada Camila Toscano é uma mulher íntegra, de luta e coragem e merece o respeito de todos . Que à justiça seja feita. Estamos ao seu lado deputada Camila Toscano. Nesta nota, solicito encarecidamente para que o presidente da casa, Adriano Galdino, se posicione diante deste lamentável fato e divulgue uma nota de repúdio em defesa da deputada Camila Toscano, assim como ele faz com os demais deputados da base governista. Esse tratamento de amparo e apoio do deputado, Adriano Galdino, não vejo com os deputados da oposição. Peço , também, posicionamento para as deputadas feministas que defendam essa causa e deixem de defender causas seletivas. E peço a Secretaria de estado da mulher que se posicione sobre o lamentável episódio ", afirmou o líder da oposição deputado Cabo Gilberto Silva.

De acordo com o deputado Cabo Gilberto Silva, além de incitar palavras ofensivas à deputada Camila Toscano, o pré-candidato, Célio Alves, invadiu um programa de rádio para tentar intimidar jornalistas.

"Imaginem se fosse o deputado Cabo Gilberto Silva que invadisse o programa de rádio, como seria a repercussão do caso? Mas como foi um aliado do governador da calvário tudo fica por isso mesmo ", disse o parlamentar.

Comunicar erro
Governo Federal

Comentários