Vice-governadora Ligia Feliciano admite pré-candidatura ao Governo e confirma rompimento com João Azevedo "É preciso consertar o que está errado e fazer do jeito que nunca ninguém fez"

Por Hagnon Halberto em 06/01/2022 às 22:36:39

Depois de publicar um vídeo nas redes sociais dizendo que a Paraíba é uma "mulher sofrida", a vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) assumiu de vez o discurso de uma pré-candidatura ao Governo. Hoje ela revelou que já trabalha na elaboração de um plano, com 12 metas, para apresentar ao Estado.

"Participei de dois governos e acompanhei de perto. É preciso continuar o que está dando certo, consertar o que está errado e fazer do jeito que nunca ninguém fez. Estamos fazendo um plano de 12 propostas em várias áreas", assinalou. Lígia é vice-governadora da Paraíba desde 2015. Até o fim do ano passado o filho, Gustavo Feliciano, era secretário estadual de Turismo e Desenvolvimento.

Com o aval da executiva nacional do PDT, ela tenta agora viabilizar-se como pré-candidata ao Palácio da Redenção este ano. O "tom" do discurso que será adotado já foi dado.

Comunicar erro
Vacina - Governo Federal

Comentários