Lula ordena e PT deve filiar integrantes da Organização Criminosa que desviou mais de R$ 130 milhões da saúde pública na Paraíba

Por Redação Além do Fato em 31/07/2021 às 00:58:09

A possível filiação do ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) ao Partido dos Trabalhadores está sendo negociada com o aval do ex-presidente Lula e da presidente nacional do partido, a deputada federal Gleisi Hoffmann (PR). Uma foto emblemática foi publicada pelo socialista no Instagram, nesta terça-feira (27), com a legenda "Seguimos juntos por Democracia, Trabalho e Saúde para o nosso povo, no Brasil e na Paraíba. Venceremos". A foto faz referência a um encontro recente do socialista com o petista, em São Paulo.

A informação sobre as articulações para a filiação é do presidente estadual da sigla, Jackson Macedo. O dirigente explica que as conversas estão maduras, mas evitou fechar questão. "O que eu posso dizer é que vou lutar internamente, dentro do partido, para que essa adesão aconteça", explicou. O objetivo é atrair para o partido também, visando as eleições do próximo ano, socialistas como os deputadas estaduais Cida Ramos e Estela Bezerra.

OPERÇÃO CALVÁRIO

A Operação Calvário foi desencadeada em dezembro de 2018 com o objetivo de desarticular uma organização criminosa infiltrada na Cruz Vermelha Brasileira, filial do Rio Grande do Sul, além de outros órgãos governamentais. A operação teve oito fases, resultado na prisão de servidores e ex-servidores de alto escalão na estruturado governo da Paraíba.

A investigação identificou que a organização criminosa teve acesso a mais de R$ 1,1 bilhão em recursos públicos, para a gestão de unidades de saúde em várias unidades da federação, no período entre julho de 2011 até dezembro de 2018.

A estimativa, no entanto, é inferior ao valor real do dano causado ao patrimônio público, já que só foram computadas as despesas da CVB-RS com uma pequena parcela de fornecedores que prestam serviços em unidades de saúde do município e do Rio de Janeiro, não alcançando os desvios de recursos públicos decorrentes da atuação da organização criminosa na Paraíba, que vem conseguindo centenas de milhões de reais desde o ano de 2011.

Comunicar erro
Vacina - Governo Federal

Comentários