Governador João Azevêdo entra com ação judicial para cobrar de um Bombeiro Militar a quantia de R$ 33 mil para conserto de uma viatura

Por Hagnon Halberto em 31/07/2021 às 00:46:47

O Clube dos Oficiais da Polícia e Bombeiro Militares da Paraíba emitiu uma nota repudiando a atitude do Governo do Paraíba em ingressar com uma ação judicial para cobrar de um bombeiro militar a quantia de R$ 33 mil para conserto de uma viatura (ABT) que o profissional de segurança dirigia em uma ocorrência, quando para livrar uma dupla de motociclistas se chocou em uma árvore.

O acidente ocorreu, segundo consta dos autos do processo, em 2011, e durante 10 anos o sargento do Corpo de Bombeiros vem enfrentando a ação judicial. "Estamos aqui tratando de uma ação judicial do Governo do Estado contra um companheiro , que estava de serviço, numa ocorrência, arriscando sua vida para salvar vidas"


Durante os últimos 10 anos o sargento vive o drama de enfrentar um processo judicial por um acidente ocorrido quando estava atendendo uma ocorrência. E consta dos autos que o bombeiro se deparou com uma manobra perigosa de motociclistas, e no momento desviou doacidente com a moto, indo colidir com uma árvore na avenida Epitácio Pessoa", diz a nota do Clube dos Oficiais.

"O profissional do Corpo de Bombeiros , em 2011, época dos fatos, tinha 22 anos de serviço à instituição, dos quais 18 anos dirigindo o veículo, nunca tendo se envolvido em qualquer outro acidente, com conduta profissional exemplar e elogios em sua ficha disciplinar", acrescenta a nota.

Comunicar erro
Vacina - Governo Federal

Comentários